Itamaraty publica edital para professor atuar no Líbano

ter, 17/12/2019 - 16:52
Publicado em:

Professores de língua portuguesa podem se inscrever no edital que o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) publicaram para seleção do Programa de Leitorado para Instituição Universitária Estrangeira. O programa vai selecionar 20 professores para atuar em 20 universidades estrangeiras, de 19 países, com bolsa paga pelo governo brasileiro. Uma das vagas será na Universidade Libanesa, em Beirute. As inscrições online podem ser feitas até 30 de janeiro e o resultado será divulgado em julho de 2020.

Para trabalhar na Universidade Libanesa, é necessário ter mestrado completo, de preferência com doutorado, experiência com ensino de português para estrangeiros, fluência na língua inglesa e francês desejável. O selecionado irá ensinar português como língua estrangeira nos níveis básicos, intermediário e avançado, estruturar um curso de mestrado em língua portuguesa, orientar eventos culturais, se envolver em pesquisas acadêmicas e orientar dissertações de mestrado.

A universidade arcará com a acomodação em um apartamento mobiliado dentro do campus da universidade, acesso às instalações de ensino e pesquisa e à biblioteca universitária, e os trâmites para o visto aplicável. O MRE dará uma bolsa de US$ 2 mil mensais. A Universidade Libanesa (LU) é a única instituição pública de ensino superior no Líbano, fundada em 1951.

As demais vagas são em universidades da Bolívia, Chile, Guiné Bissau, Coreia do Sul, México, França, Israel, Índia, Espanha, Japão, Equador, Finlândia, Angola, Peru, Estados Unidos, China, Reino Unido e Hungria. Para cada país, uma vaga, com exceção dos Estados Unidos, que tem uma vaga para na Universidade de Pittsburgh e outra na State University of New York at Stony Brook. Cada universidade tem pré-requisitos, bolsas e contrapartidas diferentes. Veja a lista completa aqui.

O Programa Leitorado financia professores interessados em divulgar a cultura brasileira em instituições universitárias estrangeiras. São oferecidas bolsas individuais, e o programa tem por objetivo promover a língua portuguesa em sua vertente brasileira, além da cultura, literatura e estudos brasileiros nessas instituições.

O programa tem duração de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos, exceto para o Reino Unido, que não permite a prorrogação. As inscrições na Capes são gratuitas e feitas exclusivamente pela internet mediante o preenchimento do formulário de inscrição no site da instituição.

O candidato deve ter formação acadêmica (doutorado ou mestrado) e experiência no ensino de linguística, linguística aplicada, literatura brasileira, cultura brasileira, ou outras áreas, conforme indicado pela instituição estrangeira.

Para ver o edital completo, clique aqui.

 

Crédito da foto: Joseph Barrak/AFP