Debate: como a literatura brasileira retrata árabes - 7 de abril

seg, 05/04/2021 - 12:18
Publicado em:
0 comments

Um encontro virtual na próxima quarta-feira (07) vai debater como a literatura brasileira retrata a diáspora árabe. Promovido pelo Centro Cultural Brasil-Líbano e o Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Oriente Médio (Gepom), o evento terá a pesquisadora e cofundadora do Gepom, Muna Omran, falando sobre o assunto.

O encontro ocorre às 19h pelo horário de Beirute, no Líbano, e às 13h pelo horário de Brasília, no Brasil. A palestra e conversas serão feitos em inglês, sem tradução simultânea, e as inscrições estão abertas. A participação é gratuita. O Centro Cultural Brasil-Líbano, um dos promotores, é o braço cultural da Embaixada do Brasil em Beirute.

No evento, Omran vai compartilhar seu trabalho pioneiro na observação de como importantes escritores brasileiros descreveram os imigrantes árabes. A análise contempla desde a obra de Machado de Assis e Jorge Amado (foto acima), esse último criador do personagem Nacib no livro “Gabriela, Cravo e Canela”, até autores da atualidade como Milton Hatoum e Raduan Nassar.

Leia mais sobre Muna Omran:

Pesquisadora aproxima Oriente Médio de brasileiros

Omran tem pós-doutorado em Estudos Literários e doutorado em História e Teoria Literária pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e dá aulas na pós-graduação da Universidade Federal Fluminense (UFF), além de fazer parte do grupo pesquisa de História Contemporânea da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Ela é autora de vários livros, entre eles “A história que Sherazade não contou e outras historinhas – minicontos”.

Serviço:

Evento virtual
Como a literatura brasileira retrata a diáspora árabe
Dia 07 de abril (quarta-feira), 13h (Brasília) e 19h (Beirute)
Via Zoom
Inscrições gratuitas aqui
Mais informações: brasiliban@gmail.com

 

jorge