Unicamp aprova título de Professor Emérito Post Mortem a Mohamed Habib

qui, 31/03/2022 - 21:51

O Conselho Universitário (Consu) da Unicamp aprovou nessa terça-feira (29/3) a concessão do título de Professor Emérito Post Mortem a Mohamed Ezz El-Din Mostafa Habib, ex-presidente do ICArabe. O docente aposentado do Instituto de Biologia (IB) faleceu em 26 de janeiro de 2022, em decorrência de um câncer. 

"O histórico acadêmico, profissional e pessoal do professor Mohamed Habib, sua dedicação ímpar ao nosso país, à Unicamp, à docência, à investigação científica e a atividades de extensão, em especial, seu comprometimento com a qualidade científica, com a ética nas relações humanas, com as causas sociais e humanitárias e seu comportamento como cidadão brasileiro, fazem dele um exemplo a ser seguido por nossa universidade e por nossos jovens colegas", ressaltou o parecer emitido pela Comissão Especial que analisou a proposta. Ela foi composta pelos professores Ítala D'Ottaviano, Christiano Lyra Filho e Guilherme Henriques, e presidida pelo professor Julio Hadler Neto. 

Ao longo de sua carreira nas ciências biológicas, Habib destacou-se nas áreas de preservação ambiental, agroecologia e desenvolvimento sustentável. Na gestão universitária, trouxe inovações na  extensão universitária, aproximando-se das causas sociais. Fernando Coelho, pró-reitor de Extensão e Cultura, salientou seu protagonismo na criação do Fórum dos Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Ensino Superior Brasileiras (Forproex). "Ele teve uma liderança muito grande na formação do grupo que hoje discute e formula as principais políticas de extensão do país", comentou. 

O reitor da Unicamp, professor Antonio José de Almeida Meirelles, recordou a entrega recente do diploma de Professor Emérito a Carlos Joly, também docente do IB, e destacou o compromisso de ambos com a preservação ambiental e com a sociedade. "Existem elos interessantes nas carreiras dessas pessoas. Além de excelentes professores, pesquisadores, formadores de pessoas, tiveram a capacidade de falar para a sociedade, de representarem nossas conexões civilizatórias com o Brasil", pontuou. 

Carreira de destaque em causas humanas e ambientais

Mohamed Habib nasceu em Port Said, no Egito, em 25 de janeiro de 1942. Quinto dos nove filhos de Faika Bohran e Mostafa Mostafa Habib, ingressou aos 17 anos na Universidade de Alexandria para cursar Engenharia Agronômica. Pela mesma instituição, obteve o título de Mestre em Entomologia em 1968, com ênfase em controle biológico. Entre 1965 e 1971, foi pesquisador do National Research Centre na cidade do Cairo. 

Leia mais no Portal da Unicamp (clique aqui)

 

Trajetória do Prof. Habib é destaque no Correio Popular de Campinas

jornal