2ª Mostra de Cinema Egípcio ocorre em janeiro em Brasília

dom, 05/01/2020 - 00:41

Serão exibidos sete filmes, sendo um documentário, todos produções egípcias. As projeções ocorrem no Cine Brasília, de 09 a 12 de janeiro, com entrada gratuita.

A segunda edição da Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo será em Brasília de 09 a 12 de janeiro, com exibições no Cine Brasília, sala com 700 lugares e uma das mais importantes da capital federal. Sete produções egípcias estão na programação, sendo um documentário e seis ficções em longa-metragem e média-metragem. São eles “Não me beije”; “A Girafa”; “Antes do verão” (foto acima); “Menina da Fábrica”; “Ali, a Cabra e Ibrahim”; “Pó de Diamante” e “Les Petits Chats”.

São títulos premiados em festivais com temas que refletem dilemas e anseios da sociedade egípcia e prometem instigar o público brasiliense a identificar semelhanças cruciais. Segundo Amro Saad, curador da mostra, o objetivo é apresentar o cinema egípcio em particular e com o tema “Entre Lugares”, e os problemas em comum entre a sociedade egípcia e a brasileira.

Além da exibição dos filmes, haverá uma exposição artística na entrada do Cine Brasília, com o mesmo tema, coordenada pela artista plástica Regiane Rocha e com artes de outras quatro artistas brasileiras.

É recomendado chegar com meia hora de antecedência à sessão desejada para retirar o ingresso. Todos os filmes têm áudio original em árabe e legendas em português. A entrada é gratuita. A primeira edição do evento ocorreu em 2017 em São Paulo e no Rio de Janeiro. A organização do evento é a Orientse, empresa de eventos e tradução especializada na cultura árabe.

Veja a sinopse e horários dos filmes na programação:

Pó de diamante” (2018, 162 min.), suspense do diretor Marwan Hamed, abre a programação da mostra, dia 09, às 20h. A trama gira em torno de um homem que tem um emprego de meio período em uma farmácia e descobre que seu pai, portador de deficiência, foi misteriosamente assassinado. Ele tenta vingá-lo e é arrastado para o mundo do crime e da corrupção.

Dia 10, serão exibidos dois filmes. “A Girafa” (2018, 75 min.) é um drama dirigido por Ahmed Magdy. Ahmed percorre a paisagem noturna do Cairo, ansioso por conseguir dinheiro para pagar pelo aborto de uma jovem – um procedimento que deve ocorrer imediatamente. Ele se depara com um grupo intrigante de jovens, liderado por uma mulher que tem como objetivo resolver o enigma em torno de uma girafa que supostamente está escondida no zoológico do Cairo. À medida que uma cadeia absurda de eventos se desenrola, Ahmed se distrai de sua missão. A sessão é às 18h.

Não me beije” (2017, 103 min.) é uma comédia dramática do diretor Ahmed Amer. Uma sensual estrela de cinema decide seguir um caminho mais religioso, mas o mundo do entretenimento e seus fãs têm opiniões diferentes sobre sua escolha. A sessão será às 20h.

Dia 11, o romance “Menina da Fábrica” (2013, 92 min.), de Mohamed Khan, será exibido às 18h. O filme conta a história de Hayam, uma operária que vive em uma área de classe média-baixa, juntamente com outras meninas da fábrica. Interessada pelo novo supervisor, apesar das diferenças de classe entre eles, ela percebe que seus sentimentos estão sendo retribuídos. Mas a cruel realidade vem à tona quando um teste de gravidez é encontrado na fábrica.

No drama de fantasia do diretor Sherif Elbendary, “Ali, a Cabra e Ibrahim” (2016, 98 min.), Ali acredita que a alma de sua falecida namorada reencarnou em uma cabra. Ali, sua cabra e seu amigo Ibrahim embarcam em uma jornada de amizade e auto-descoberta pelo Egito para reverter a maldição. O filme será exibido às 20h.

Dia 12 o drama “Antes do Verão” (2016, 90 min.), do diretor Mohamed Khan, passará às 18h. Situado em um resort à beira-mar, o filme acompanha um grupo de pessoas que se conhecem no início da temporada de verão.

Às 20h, o documentário “Les Petits Chats” (2015, 80 min.) do diretor Sherif Nakhla, destaca o surgimento da lendária banda de rock Les Petits Chats, que foi formada em 1976, com Wagdi Francis, Ezzat Abu Ouf e Omar Khairat. Os membros da banda se reúnem 30 anos depois para uma performance única.

Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo

09 a 12 de janeiro
Cine Brasília
SHCS EQS 106/107
Brasília – DF
Grátis

Programação

09 de janeiro

19h – Abertura da exposição
19h30 – Abertura da Mostra
20h – Pó de diamante (Diamond Dust)

10 de janeiro

18h – A girafa (The Giraffe)
20h – Não me beije (Kiss Me Not)

11 de janeiro

18h – Menina da fábrica (Factory Girl)
20h – Ali, a cabra e Ibrahim (Ali, the Goat and Ibrahim)

12 de janeiro

18h – Antes do verão (Before the Summer Crowds)
20h – Les Petits Chats

Mais informações