Líbano é tema da escola de samba Império da Casa Verde no Carnaval de São Paulo

sex, 21/02/2020 - 12:39
Publicado em:

 

 

Com o enredo: "Marhaba Lubnãn", a escola Império de Casa Verde levará para o Sambódromo do Anhembi uma homenagem ao Líbano. Uma comitiva de pelo menos 150 libaneses comporá uma ala do desfile (veja aqui o site da agremiação e assista aqui ao vídeo com o samba enredo). A escola será a sexta a entrar na avenida na madrugada deste sábado.

O carnavalesco da agremiação, Flávio Campello, esteve no país por cerca de uma semana neste mês e visitou vários locais para conhecer bem o país. A escola faz parte do grupo especial do carnaval de São Paulo. 

“Quando fomos conhecer um pouco da história do Líbano, ficamos fascinados”, fala ele. A pesquisa mostrou que o tema teria fundamento para fazer um bom samba e um bom carnaval, afirmou  o vice-presidente da escola, Fábio Leite, em 2019.

O enredo fala de “sete mil anos de história e memórias! Vinte e duas civilizações contribuíram para a construção de uma nação que emana na sua alma o brilho do Oriente com as marcas do Ocidente. Um pequeno país do Oriente Médio, conhecido como “o país dos Cedros milenares”. Surge na junção de três continentes: Europa, Ásia e África. Entre várias definições, seu nome exprime a beleza das montanhas de cumes brancos de neve no inverno e das pontas de calcárias que brilham ao sol no verão, que em língua demora traduz-se como Lubnãn (branco). Seu nome é encontrado em caracteres cuneiformes babilônicos e em hieróglifos egípcios que datam de 2 mil anos a.C.”.

“Faremos um grande desfile à altura de unificar a grandiosidade do Império de Casa Verde com o Líbano, que tanto agregou com sua migração para o Brasil trazendo sua cultura, arte e costumes”, disse o presidente da escola, em material divulgado pela assessoria.